Ir para o conteúdo principal
EURES (EURopean Employment Services)
Notícia27 de julho de 2017Autoridade Europeia do Trabalho, Direção-Geral do Emprego, dos Assuntos Sociais e da Inclusão

5 dicas para quem procura um estágio

Ganha uma vantagem face à «concorrência» na procura de um estágio.

5 tips when looking for traineeships

É difícil encontrar o estágio perfeito. Não basta sobressair no meio da multidão de candidatos interessados, é também preciso saber onde encontrar as oportunidades certas. Pedimos a Pål Kaalaas, Gestor de Marketing Digital da CupoNation, na Noruega, que nos desse cinco dicas para quem procura estágios. Eis o que ele disse...

Procura no estrangeiro

Um estágio no estrangeiro dá-te um avanço imediato. Assim, porquê limitares-te a vagas no teu próprio país? Existem oportunidades fantásticas para explorar em toda a Europa! Aceitar um estágio no estrangeiro dá-te a possibilidade de viver uma cultura diferente, tanto no local de trabalho como nos tempos livres. Abandonar a familiaridade e a segurança do teu próprio país para trabalhar no estrangeiro é algo que os empregadores de todo o mundo apreciam, mesmo que já se tenham passado vários anos.

Bate às portas

Sê proativo e vai à procura. Há alguns anos, «bater à porta de uma empresa» era algo para ser levado à letra. Agora, a maior parte da comunicação inicial é feita pela Internet. Se não tens uma conta no LinkedIn, abre já uma, e se estás à procura de um estágio, pensa seriamente em pagar uma subscrição Premium. Isto dá-te a oportunidade de entrares em contacto diretamente com «as pessoas certas das empresas certas», de fazer perguntas relevantes e de te apresentares. A subscrição Premium abre-te uma via direta para os «grandes» de qualquer empresa, e permite-te enviares-lhes uma mensagem. A criação de vias de comunicação que não existiam há uns anos pode ser uma grande vantagem, tanto para ti como para eles. Uma dica de amigo: não exageres! Certifica-te de que apenas os contactas quando faz sentido. Não deve utilizar o LinkedIn pensando: «Atiro o meu nome ao máximo de pessoas possível e espero que pelo menos uma me dê uma resposta positiva».

Tens medo de seres ignorado? Isso diz mais sobre a empresa ou a outra pessoa do que sobre ti, o que nos leva à dica seguinte...

O processo é recíproco

Uma empresa que pense em recrutar-te para um estágio quererá certamente saber mais sobre ti. Afinal de contas, querem ter a certeza de que recrutam a pessoa certa. Não te esqueças de fazer o mesmo! Pesquisa as empresas a que pretendes candidatar-te e certifica-te de que parecem ser a escolha adequada tendo em conta a carreira que tencionas construir. Não queres acabar num estágio que não te vai levar a lado nenhum. Talvez conheças alguém que já trabalhou na empresa em questão? O que podes aprender lendo notícias e o sítio Web da empresa? Certifica-te de que tens uma boa impressão da empresa antes de enviares a candidatura.

Não faças copiar/colar

Encontraste um estágio ao qual te queres candidatar? Investe na tua candidatura! Claro que é normal seguir um modelo, mas é muito importante que alteres mais do que o nome da empresa e duas ou três frases. Se não gastares tempo a adaptar o teu modelo a uma candidatura específica para uma empresa específica, não te estás a esforçar o suficiente. É fácil detetar candidaturas que não foram adaptadas; não deixes que a preguiça estrague tudo. Tens de provar à pessoa que está do outro lado da mesa que estás realmente interessado em saber mais sobre a sua empresa e o seu negócio.

Faz perguntas

A maior parte dos anúncios de emprego menciona uma pessoa que podes contactar... contudo, a maior parte das pessoas não o faz. Porque não enviar um e-mail com algumas perguntas relevantes sobre o estágio? Mostra que estás interessado e irás destacar-te da multidão. Estás a competir com muitas outras pessoas competentes para cada posto de trabalho disponível, pelo que deves aproveitar todas as oportunidades para que o teu nome sobressaia.

 

Ligações úteis:

CupoNation

Global Savings Group

 

Informações adicionais:

Jornadas Europeias do Emprego

Drop’pin@EURES

Procurar um Conselheiro EURES

Condições de vida e de trabalho nos países EURES

Base de ofertas de emprego EURES

Serviços EURES para empregadores

Calendário de Eventos EURES

Próximos Eventos em linha

A EURES no Facebook

A EURES no Twitter

A EURES no LinkedIn

A EURES no Google+

Informação detalhada

Tópicos
Tendências de recrutamentoHistórias de sucessoJuventude
Setor
Accomodation and food service activitiesActivities of extraterritorial organisations and bodiesActivities of households as employers, undifferentiated goods- and servicesAdministrative and support service activitiesAgriculture, forestry and fishingArts, entertainment and recreationConstructionEducationElectricity, gas, steam and air conditioning supplyFinancial and insurance activitiesHuman health and social work activitiesInformation and communicationManufacturingMining and quarryingOther service activitiesProfessional, scientific and technical activitiesPublic administration and defence; compulsory social securityReal estate activitiesTransportation and storageWater supply, sewerage, waste management and remediation activitiesWholesale and retail trade; repair of motor vehicles and motorcycles

Isenção de responsabilidade

Os artigos destinam-se a fornecer aos utilizadores do portal EURES informações sobre temas e tendências atuais e a estimular a discussão e o debate. O seu conteúdo não reflete necessariamente a opinião da Autoridade do Trabalho Europeia (ELA) ou da Comissão Europeia. Além disso, EURES e ELA não endossam os sites de terceiros mencionados acima.