Ir para o conteúdo principal
EURES
Notícia4 de dezembro de 2020Autoridade Europeia do Trabalho, Direção-Geral do Emprego, dos Assuntos Sociais e da Inclusão

Preparar uma mudança para o estrangeiro

Trabalhar no estrangeiro até pode ser um trunfo para a sua carreira, mas também é um grande desafio. Já tomou a sua decisão e aceitou o emprego. Agora, não se deixe levar pelo entusiasmo do momento, pois ainda tem muito para organizar. A rede EURES dá-lhe uma ajuda.

How to prepare for your move abroad
EURES

Restrições de viagem relacionadas com a COVID-19

Em primeiro lugar, verifique se o seu país e o país de destino permitem viagens internacionais. Fale com a empresa se tiver dúvidas. Até poderá ser aconselhado a trabalhar em casa até ao levantamento das restrições. Para obter informações atualizadas sobre as viagens na Europa, consulte a plataforma Re-open EU.

Vistos, passaportes e autorizações de trabalho

A UE garante a livre circulação dos seus cidadãos, o que significa que os cidadãos da UE podem optar por viver e trabalhar em qualquer Estado-Membro ou país do Espaço Económico Europeu (Islândia, Listenstaine e Noruega). No entanto, podem aplicar-se algumas restrições aos cidadãos da Croácia e de países terceiros, pelo que deverá informar-se sobre os requisitos do país de acolhimento.

Não se esqueça de verificar o tipo de documento de identificação de que necessita para viajar. Poderá ser um passaporte internacional, um visto ou simplesmente um cartão de identificação – tudo depende do país de origem e do de destino. O documento de viagem também deverá ter seis meses de validade, pelo menos.

Se é cidadão do Reino Unido ou está a ponderar ir viver para este país, consulte estas perguntas e respostas sobre os direitos dos cidadãos da UE e do Reino Unido e as informações e orientações do governo do Reino Unido sobre o Brexit.

Número de segurança social

Em alguns países, poderá ter de solicitar um número de segurança social ou registar-se junto das autoridades locais. Ter este número pode ser importante para aceder a serviços essenciais, como assistência médica, e mesmo obrigatório para trabalhar. Alguns países permitem tratar deste assunto com antecedência.

Se é cidadão da UE, peça o Cartão Europeu de Seguro de Doença gratuito, que lhe dará alguma tranquilidade em caso de doença, enquanto não tem os documentos tratados.

Alojamento

Hoje em dia, a Internet facilita a pesquisa e a seleção de alojamento à distância. Procure os sítios Web de alojamento mais populares no seu país de acolhimento. Poderá não ser a casa perfeita, mas o importante é ter algo garantido para os primeiros tempos. Uma vez estabelecido, poderá sempre procurar um alojamento com melhores condições.

Fique atento às burlas e desconfie de senhorios que peçam para enviar dinheiro antecipadamente através de Western Union ou MoneyGram.

Língua

Em muitos países europeus, conseguirá comunicar com o inglês, mas também há outros tantos em que só o inglês não chega. Em alguns países, há aulas de língua gratuitas ou a preços acessíveis para os expatriados. Pode pesquisá-las com antecedência, mas também pode começar a aprender o idioma ainda em casa, com uma das múltiplas ferramentas de aprendizagem de línguas disponíveis em linha.

Conta bancária

Abrir conta bancária não será uma atividade apaixonante, mas é crucial para começar um novo emprego no estrangeiro. Em alguns países, revela-se mais complicado do que obter o número de segurança social, pelo que é melhor informar-se sobre o tipo de documentos a apresentar. É possível que haja bancos ou tipos de contas recomendados para expatriados.

Poupanças

Ir viver para o estrangeiro acarreta custos consideráveis, desde as despesas de viagem ao pagamento antecipado de pelo menos um mês de renda e da caução. Poderá também ter de adquirir artigos como roupa de cama ou, inclusivamente, móveis. Em muitos empregos, é necessário esperar um mês, ou mais, para auferir o primeiro salário. Assim, pergunte quando irá receber e poupe o suficiente para ter dinheiro até essa data.

Em caso de dúvidas sobre trabalhar no estrangeiro, consulte a secção Viver e Trabalhar da rede EURES e não hesite em pedir ajuda ao seu conselheiro EURES.

 

Ligações úteis

Período de transição do Brexit

Cartão Europeu de Seguro de Doença

Ferramentas de aprendizagem de línguas gratuitas para ajudar a melhorar as competências em casa

Livre circulação – cidadãos da UE

Viver e Trabalhar

Perguntas e respostas – os direitos dos cidadãos da União Europeia e do Reino Unido previstos no Acordo de Saída

Re-open EU

Pesquisar conselheiros EURES  

Autorizações de trabalho

 

Informações adicionais

Jornadas Europeias do Emprego

Drop’pin@EURES

Encontrar conselheiros EURES

Condições de vida e de trabalho nos países EURES

Base de dados de ofertas de emprego EURES

Serviços EURES para empregadores

Calendário de eventos EURES

Próximos eventos em linha

A EURES no Facebook

A EURES no Twitter

A EURES no LinkedIn

Informação detalhada

Tópicos
Sugestões e DicasJuventude
Seções relacionadas
Vida & Trabalho
Setor
Accomodation and food service activitiesActivities of extraterritorial organisations and bodiesActivities of households as employers, undifferentiated goods- and servicesAdministrative and support service activitiesAgriculture, forestry and fishingArts, entertainment and recreationConstructionEducationElectricity, gas, steam and air conditioning supplyFinancial and insurance activitiesHuman health and social work activitiesInformation and communicationManufacturingMining and quarryingOther service activitiesProfessional, scientific and technical activitiesPublic administration and defence; compulsory social securityReal estate activitiesTransportation and storageWater supply, sewerage, waste management and remediation activitiesWholesale and retail trade; repair of motor vehicles and motorcycles

Isenção de responsabilidade

Os artigos destinam-se a fornecer aos utilizadores do portal EURES informações sobre temas e tendências atuais e a estimular a discussão e o debate. O seu conteúdo não reflete necessariamente a opinião da Autoridade do Trabalho Europeia (ELA) ou da Comissão Europeia. Além disso, EURES e ELA não endossam os sites de terceiros mencionados acima.